quinta-feira, 29 de novembro de 2007



MATEMÁTICA E MÚSICA - COMBINAÇÃO PERFEITA

INTRODUÇÃO


O que há de comum entre a ressonância natural, a sua estrutura interna e as grandes obras dos clássicos dos últimos séculos? São intuições de deuses ou criações da matemática? O que há de comum entre a secção de ouro, as teorias das probabilidades, o movimentos browniano, a estrutura de grupo, a teoria dos crivos (teoria axiomática das escalas) e obras monumentais do compositor Iannis Xenakis, como Metastasis, Pithoprakta, Herma, Eonta, Persephassa, Nomos Gama, Terretektorh, Kraanerg, Anthikthon, Jonchaies ou Tallein? São obras geradas por um espírito criador, ou obras geradas por essas estruturas matemáticas? Como reagem a percepção e o ouvido humanos a esta nova informação constituída por sonoridades e cruzamentos interdisciplinares, e como a descodificam face ao seu contexto educativo e à sua formação cultural e académica? Qual é o espaço específico de cada uma destas disciplinas - matemática e música - quando se entrelaçam ambas na mesma partitura ou noutro espaço de representação musical - electrônica, electroacústica, digital, e outro?Os gregos usavam as letras do alfabeto para representar notas musicais. Agrupavam essas notas em tetracordes (sucessão de quatro sons). Combinando esses tetracordes de várias maneiras, os gregos criaram grupos de notas chamados modos. Os modos foram os predecessores das escalas diatônicas maiores e menores. Os pensadores gregos construíram teorias musicais mais elaboradas do que qualquer outro povo da Antigüidade. Pitágoras, um grego que viveu no século VI a.C., achava que a Música e a Matemática poderiam fornecer a chave para os segredos do mundo. Acreditava que os planetas produziam diferentes tonalidades harmônicas e que o próprio universo cantava. Essa crença demonstra a importância da música no culto grego, assim como na dança e nas tragédias.


Acontecerá um workshop sobre Transformações Geométricas e Músicas, onde pretende-se mostrar como surgem, na Análise Musical, algumas transformações geométricas conhecidas e que os compositores utilizam, mais ou menos conscientemente. Estas transformações serão explicadas do ponto de vista matemático e serão analisados alguns trechos de música de vários compositores de várias épocas em que essas transformações são identificadas. Nalguns exemplos vai tornar-se mais claro para o ouvinte de música, sem formação musical específica, como surgem as chamadas variações, que muitas vezes parece não terem nada a ver com o tema sobre a qual são compostas. Os participantes são desafiados a compor usando algumas destas transformações geométricas e utilizando um programa de computador de composição musical simples.
sitores de várias épocas em que essas transformações são identificadas. Nalguns exemplos vai tornar-se mais claro para o ouvinte de música, sem formação musical específica, como surgem as chamadas variações, que muitas vezes parece não terem nada a ver com o tema sobre a qual são compostas. Os participantes são desafiados a compor usando algumas destas transformações geométricas e utilizando um programa de computador de composição musical simples.

3 comentários:

Si disse...

Dilma, seu Blog ficou muito bom!

Realmente trabalhar em sala de aula com a música juntamente com uma outra disciplina, faz muita diferença. É importante fazer um trabalho assim.
A música ajuda o aluno a se motivar mais nas aulas e desperta também o dom por cantar e tocar. Ser um grande amante da música.

Gostei das fotos que você postou!

Abraços, Simone.

Bruna disse...

Ola Dilma, gostei muito do seu Blog...
Você está de parabens...
Meu nome é Bruna de Cássia, estou cursando o ultimo ano de Pedagogia, e o Tema que escolhi para o meu TCC é justamente este: Musica no ensino escolar...
Peço que, se você tiver algum material sobre o assunto, mande no meu e-mail: bruninhacassia@yahoo.com.br
Muito Obrigada...

Feliz Natal...

C.R disse...

ola dilma
me chamo rafaela sou de manaus pedagoga e musicista
estava pesquisando sobre musica na educaçao e acabei encontrando seu blog e gostei muito viu parabens
sou interessada no tema pois estou pesquisando,tenho procurado varios autores que abordam a questao da musica na educaçao e tambem propostas de atividades musicais.
vc poderia sugerir alguns autores para minha leitura e principalmente para atividades musicais com matematica ja que e é um grande realidade de dificuldade de aprendizagem da matematica com as criança.
obrigado.
saudaçoes musicais C.Rafaela Lima
cr.otaku@gmail.com